DFBlog | Português

Olá BeYOUtiful,
Chegamos a dezembro! Pautado por renovações de sentimentos e reencontros, dezembro traz também a necessidade de olharmos para dentro de nós mesmos. Muitas vezes, esta necessidade vem por fatores externos, as ditas adversidades, que nos obrigam a olhar para o mundo que nos rodeia e para o nosso próprio mundo com maleabilidade. A questão é: o que é o nosso próprio mundo? Somos nós enquanto mente?  Enquanto ser social? Corpo? Somos nós enquanto roupa que nos abraça? Somos nós enquanto seres multidimensionais vivendo várias versões possíveis? Na realidade, o Eu pode assumir muitas formas fictícias e representativas. Por vezes, é fácil nos desconectarmos da nossa própria evolução enquanto seres humanos e perder – ou deixar adormecido – o que torna a nossa experiência vida, uma experiência humana. Estou a falar dos Sentidos e Sentimentos. Assim, I wonder, quantas vezes estamos sensíveis e emocionalmente disponíveis para olhar para o nosso corpo? Quantas vezes paramos – mas, parar mesmo!!! – para o ouvir? Parar, vislumbrar a pele da nossa cara, explorar os recantos que teimamos em ignorar, visualizar e sentir o que mil palavras não conseguem explicar, para finalmente renascer e continuar neste processo didático que sempre estamos. Quantas vezes conseguimos relaxar, e simplesmente, existir no momento e lugar?! Quantas vezes já olhamos para as nossas roupas cheias de memórias e sensações, enquanto apreciamos as texturas delas – e da vida?! Quantas vezes paramos e nos vulnerabilizamos para experienciar um momento, uma pessoa especial?! Pois é, enquanto seres humanos é importante que estejamos sempre prontos para olhar para dentro de nós e explorar novas formas de sentir o nosso corpo e o que nos rodeia. Dezembro, traz assim, novas formas de sentir, de conhecer o nosso corpo, de tocar o nosso corpo e de viver de facto a nossa experiência física a que fomos propostos quando aqui nascemos. Este mês não proponho cores, mas sim texturas…texturas que te permitem sentir fisicamente o que vestes…proponho transparências para que possas ver o teu corpo…proponho o renascer e o construir de algo que será muito melhor do que aquilo que já existe.
Se te fez sentido, partilha esta última carta do ano e nunca te esqueças – Keep BeYOUtiful & Explore your Body, you might discover something new if you allow yourself to. ❤ Luís de Oliveira

Posted by:Luís D'Oliveira

Through doliveirafashionblog.com spreading 'The Art of BeYOUtiful'!

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Google photo

You are commenting using your Google account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.